Vivendo Como Servo

Vivendo Como Servo -

Salmo 78

http://bible.us/129/PSA78.1.NVI Povo meu, escute o meu ensino; incline os ouvidos para o que eu tenho a dizer. Em parábolas abrirei a minha boca, proferirei enigmas do passado; o que ouvimos e aprendemos, o que nossos pais nos contaram. Não os esconderemos dos nossos filhos; contaremos à próxima geração os louváveis feitos do Senhor , o seu poder e as maravilhas que fez. Ele decretou estatutos para Jacó, e em Israel estabeleceu a lei, e ordenou aos nossos antepassados que a ensinassem aos seus filhos, de modo que a geração seguinte a conhecesse, e também os filhos que ainda nasceriam, e eles, por sua vez, contassem aos seus próprios filhos. Então eles porão a confiança em Deus; não esquecerão os seus feitos e obedecerão aos seus mandamentos. Eles não serão como os seus antepassados, obstinados e rebeldes, povo de coração desleal para com Deus, gente de espírito infiel. Os homens de Efraim, flecheiros armados, viraram as costas no dia da batalha; não guardaram a aliança de Deus e se recusaram a viver de acordo com a sua lei. Esqueceram o que ele tinha feito, as maravilhas que lhes havia mostrado. Ele fez milagres diante dos seus antepassados, na terra do Egito, na região de Zoã. Dividiu o mar para que pudessem passar; fez a água erguer-se como um muro. Ele os guiou com a nuvem de dia e com a luz do fogo de noite. Fendeu as rochas no deserto e deu-lhes tanta água como a que flui das profundezas; da pedra fez sair regatos e fluir água como um rio. Mas contra ele continuaram a pecar, revoltando-se no deserto contra o Altíssimo. Deliberadamente puseram Deus à prova, exigindo o que desejavam comer. Duvidaram de Deus, dizendo: “Poderá Deus preparar uma mesa no deserto? Sabemos que, quando ele feriu a rocha, a água brotou e jorrou em torrentes. Mas conseguirá também dar-nos de comer? Poderá suprir de carne o seu povo?” O Senhor os ouviu e enfureceu-se; com fogo atacou Jacó, e sua ira levantou-se contra Israel, pois eles não creram em Deus nem confiaram no seu poder salvador. Contudo, ele deu ordens às nuvens e abriu as portas dos céus; fez chover maná para que o povo comesse, deu-lhe o pão dos céus. Os homens comeram o pão dos anjos; enviou-lhes comida à vontade. Enviou dos céus o vento oriental e pelo seu poder fez avançar o vento sul. Fez chover carne sobre eles como pó, bandos de aves como a areia da praia. Levou-as a cair dentro do acampamento, ao redor das suas tendas. Comeram à vontade, e assim ele satisfez o desejo deles. Mas, antes de saciarem o apetite, quando ainda tinham a comida na boca, acendeu-se contra eles a ira de Deus; e ele feriu de morte os mais fortes dentre eles, matando os jovens de Israel. A despeito disso tudo, continuaram pecando; não creram nos seus prodígios. Por isso ele encerrou os dias deles como um sopro e os anos deles em repentino pavor. Sempre que Deus os castigava com a morte, eles o buscavam; com fervor se voltavam de novo para ele. Lembravam-se de que Deus era a sua Rocha, de que o Deus Altíssimo era o seu Redentor. Com a boca o adulavam, com a língua o enganavam; o coração deles não era sincero; não foram fiéis à sua aliança. Contudo, ele foi misericordioso; perdoou-lhes as maldades e não os destruiu. Vez após vez conteve a sua ira, sem despertá-la totalmente. Lembrou-se de que eram meros mortais, brisa passageira que não retorna. Quantas vezes mostraram-se rebeldes contra ele no deserto e o entristeceram na terra solitária! Repetidas vezes puseram Deus à prova; irritaram o Santo de Israel. Não se lembravam da sua mão poderosa, do dia em que os redimiu do opressor, quando transformou os rios e os riachos dos egípcios em sangue, e eles não mais conseguiam beber das suas águas, e enviou enxames de moscas que os devoraram, e rãs que os devastaram; quando entregou as suas plantações às larvas, a produção da terra aos gafanhotos, e destruiu as suas vinhas com a saraiva e as suas figueiras bravas com a geada; quando entregou o gado deles ao granizo, os seus rebanhos aos raios; quando os atingiu com a sua ira ardente, com furor, indignação e hostilidade, com muitos anjos destruidores. Abriu caminho para a sua ira; não os poupou da morte, mas os entregou à peste. Matou todos os primogênitos do Egito, as primícias do vigor varonil das tendas de Cam. Mas tirou o seu povo como ovelhas e o conduziu como a um rebanho pelo deserto. Ele os guiou em segurança, e não tiveram medo; e os seus inimigos afundaram-se no mar. Assim os trouxe à fronteira da sua terra santa, aos montes que a sua mão direita conquistou. Expulsou nações que lá estavam, distribuiu-lhes as terras por herança e deu suas tendas às tribos de Israel para que nelas habitassem. Mas eles puseram Deus à prova e foram rebeldes contra o Altíssimo; não obedeceram aos seus testemunhos. Foram desleais e infiéis, como os seus antepassados, confiáveis como um arco defeituoso. Eles o irritaram com os altares idólatras; com os seus ídolos lhe provocaram ciúmes. Sabendo-o Deus, enfureceu-se e rejeitou totalmente Israel; abandonou o tabernáculo de Siló, a tenda onde habitava entre os homens. Entregou o símbolo do seu poder ao cativeiro e o seu esplendor nas mãos do adversário. Deixou que o seu povo fosse morto à espada, pois enfureceu-se com a sua herança. O fogo consumiu os seus jovens, e as suas moças não tiveram canções de núpcias; os sacerdotes foram mortos à espada! As viúvas já nem podiam chorar! Então o Senhor despertou como que de um sono, como um guerreiro despertado do domínio do vinho. Fez retroceder a golpes os seus adversários e os entregou a permanente humilhação. Também rejeitou as tendas de José e não escolheu a tribo de Efraim; ao contrário, escolheu a tribo de Judá e o monte Sião, o qual amou. Construiu o seu santuário como as alturas; como a terra o firmou para sempre. Escolheu o seu servo Davi e o tirou do aprisco das ovelhas, do pastoreio de ovelhas, para ser o pastor de Jacó, seu povo, de Israel, sua herança. E de coração íntegro Davi os pastoreou; com mãos experientes os conduziu.

Romanos 12:9

http://bible.us/129/ROM12.9.NVI O amor deve ser sincero. Odeiem o que é mau; apeguem-se ao que é bom. Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a vocês. Nunca falte a vocês o zelo, sejam fervorosos no espírito, sirvam ao Senhor. Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração. Compartilhem o que vocês têm com os santos em suas necessidades. Pratiquem a hospitalidade. Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem-nos, não os amaldiçoem. Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram. Tenham uma mesma atitude uns para com os outros. Não sejam orgulhosos, mas estejam dispostos a associar-se a pessoas de posição inferior . Não sejam sábios aos seus próprios olhos. Não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos. Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: “Minha é a vingança; eu retribuirei” , diz o Senhor. Ao contrário: “Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele” . Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.

Sigamos dessa forma e que Deus tenha misericórdia.

Trupe do Riso

BOM DIA!!!

Quero te fazer um convite muito especial. Amanhã, sábado, dia 04/05/2013, meu grupo de palhaços fará uma apresentação muito divertida. É em Mogi das Cruzes/SP, então sei que é longe para muita gente, mas se puder vir, tenho certeza que irá se divertir bastante e sair edificado de lá.

O ministério chama-se Trupe do Riso. O Endereço da apresentação é

Rua Padre Álvaro Quinonez Zuniga, 245
Bairro: Brás Cubas
Mogi das Cruzes/SP
Às 19:30

Olha eu de palhaço caipira na imagem abaixo que coisa bunita:

banner1

 

 

Poder para salvar

http://bible.us/129/ROM1.16.NVI Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego. (Rm 1:16)

Você, sendo cristão, alguma vez já negou (ou omitiu) a Jesus Cristo? Difícil dizermos que não, que nunca fizemos isso. Principalmente quando somos jovens, em muitas ocasiões sentimos vergonha de dizermos que somos crentes com medo do que vão dizer.

Se você nunca o fez, abençoado seja, mas se já fez, assim como eu, tenho certeza que já se arrependeu, então abençoado seja de igual forma.

Paulo, nesse versículo nos dá um motivo mais que suficiente para não nos envergonharmos da palavra de Deus: ela é o poder para salvar todo aquele que crê. Isso significa que somente pela fé e execução de seus ensinamentos podemos alcançar a salvação. Salvação esta que nos permitirá viver a eternidade na glória de Deus.

Hoje, quarta-feira de feriado, minha igreja fez um dia de jejum e adoração a Deus. Fiquei na parte da manhã e estava maravilhoso. A vontade que dá é de não sair de lá nunca mais, mas infelizmente ainda faço parte desse mundo e tenho coisas a resolver e problemas para lidar.

Mas chegará um dia que esses problemas não mais existirão, o dia que viveremos na presença Dele. Mas para esse dia chegar, temos que ter o mesmo pensamento de Paulo e nunca nos envergonharmos do evangelho, independente da situação ou da ocasião.

Quando negamos a Cristo por nos preocuparmos com o que vão pensar, nos esquecemos que não estamos nesse mundo para sermos abençoados, mas para abençoar, pois se estamos ocultando-O é uma oportunidade que estamos perdendo de falar Dele e de toda paz e amor que somente Ele poder trazer.

Paulo caçava os cristãos, e quando conheceu a Cristo teve seu coração transformado, sua vida renovada e sua salvação garantida. Antes de eu conhecer a Cristo era mentiroso, safado e sem vergonha, mas Ele transformou meu coração, renovou minha vida e me deu a salvação. E na sua vida, já pensou no que Ele fez e ainda pode fazer? Aposto que muita coisa…

Não se envergonhe do evangelho, pois ele é o poder para te salvar.

Amém!

Confie Nele

http://bible.us/129/PSA40.1.NVI Depositei toda a minha esperança no Senhor ; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro. Ele me tirou de um poço de destruição, de um atoleiro de lama; pôs os meus pés sobre uma rocha e firmou-me num local seguro. Pôs um novo cântico na minha boca, um hino de louvor ao nosso Deus. Muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor . Como é feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança, e não vai atrás dos orgulhosos , dos que se afastam para seguir deuses falsos !

Dias maus há de enfrentarmos. Tormentas, lutas, batalhas, guerras, sofrimentos, choros e até decepções. Não estamos isentos disso, independente dos caminhos que seguimos em nossas vidas, independente das amizades que escolhemos e independente de onde vamos trabalhar e quanto vamos ganhar.

Mas o que importa no fim das contas não é o tamanho do problema ou dificuldade nem como entramos nele, o que importa é como vamos enfrentá-lo.

Alguns escolhem enfrentar com as próprias mãos, outros seguem por caminhos tortos, mas o salmista nos orienta do melhor e mais seguro caminho a seguir: depositar nossa confiança no Senhor.

Quando sua luta vier, lembre-se das palavras do salmista, pois Deus também te colocará na rocha firme e um novo cântico em sua boca. Você verá suas lutas sendo vencidas e dará glórias a Ele, pois será Dele toda a honra. E quando todo passar, todos verão em você o agir de Deus.

Confie Nele, deposite Nele sua fé, permita que Ele trabalhe em sua vida e molde seu coração, e sinta o mais puro amor que somente esse Deus pode dar.